Quando o assunto é minissaia, aquele visual “piriguete” logo vem nas nossas mentes brasileiras. Mas esse comprimento curtíssimo não é padrão só porque o termo mini acompanha o nome da peça. 


As minissaias foram vistas de forma inédita pela sociedade já na década de 60, sendo que qualquer modelo que tivesse sua barra acima da altura do joelho já era considerado mini. Sua criação é atribuída à estilista inglesa Mary Quant, mas há quem afirme que foi o espanhol André Courrèges que desenvolveu a primeira saia curtinha para o seu período.

Com a evolução da moda e com a juventude sempre pronta para quebrar barreiras e chocar com suas inovações consideradas rebeldes para a época, esse comprimento foi, aos poucos, encurtando. Hoje em dia chegam a existir peças que podem ter aproximadamente um palmo de altura, as quais quando elaboradas em tecidos como o denim e combinadas com blusas decotadas e saltos conferem a imagem mais vulgarizada que podemos ver pelas ruas nacionais.

Modelos bem curtinhos aparecem hoje - concretizando a revitalização dos anos 80 na moda - combinados a leggings ou calças mais ajustadas em cores e estampas diferentes; e essa é a melhor opção para quem quer desfilar em micro-saias. As meias-calças coloridas, que já chegaram com tudo nas recentes estações mais frias, também constroem um efeito positivo com essas peças.

É importante ressaltar que não são todos os tipos físicos que aceitam bem os menores comprimentos. Mulheres mais magras, com o corpo definido e pernas torneadas são as mais indicadas para aderirem a essa tendência, já que as pernas são cortadas exatamente na região da coxa, parte mais grossa dos membros inferiores; o que pode acentuar volumes e até adicionar algumas medidas.

Como uma das principais tendências para o verão requer brilho, brilho e mais brilho; não só paetês, estampas, tachinhas e correntes dão conta de atender tamanha vivacidade. Os tecidos metalizados aparecem para completar essa moda e conquistam vestidos, tops, calças e, é claro, a saia.

Sofisticadas e estilosas, os modelos mais vistos para o Verão 2010 seguem os cortes retos de modelagens lápis, evasês e as tulipas. Quando construídas sobre materiais brilhantes, elas criam um look elegante e atual se combinadas com tops leves, fluídos, sem muito decote e em cores opacas.

Sem dúvidas, quando peças mínis são complementadas com belos saltos, o resultado será uma silhueta mais longa e fina. Por isso, para aquelas que tiverem pernas para aderir a essa onda a sugestão é investir nos saltos médios.

As versões metalizadas são peças que caem bem para diversas ocasiões; desde jantares, reuniões com amigos, encontros e até baladas. Aproveite que os fashionistas estão aderindo e a moda vem revisitando décadas passadas para coordenar looks originais e inovadores.

Coloque as pernocas de fora em 2010. As femininas e sedutoras saias - em comprimentos normais ou mini – trazem ótimas oportunidades para mostrar suas curvas com estilo no ano seguinte; basta você saber moderar no tamanho que o visual vai fazer sucesso!

Fonte: portaisdamoda.com.br


0
0
0
s2smodern