Causadas pelo excesso de produção de melanina (pigmento responsável por dar cor à pele), as sardas - característica comum das cútis mais clarinhas – costumam aparecer em áreas do corpo frequentemente expostas aos raios de sol como rosto, colo e ombros, e podem se tornar um tormento na vida de qualquer mulher vaidosa. Isso porque, as manchinhas tendem a aumentar de tamanho e escurecer nos dias de intenso calor, deixando o visual pesado e repleto de pintinhas.

De formato arredondado ou geométrico, e geralmente desencadeadas por fatores genéticos, as sardinhas, apesar de benignas, são mais suscetíveis ao câncer de pele, mas podem ser facilmente tratadas com cuidados e tratamentos simples do dia a dia, capazes de manter a cútis perfeita o ano todo. “As cútis com sardas precisam receber uma atenção redobrada, pois tanto a exposição ao sol quanto à luz branca podem aumentar a sua incidência”, explica Francisco Paschoal, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).

Por isso, confira, a seguir, alguns truques especiais para proteger a pele sensível na estação mais quente do ano, sem ficar de mal do espelho.

Uso do protetor solar

Item indispensável no nécessaire das mulheres com sardas, o protetor solar é um dos produtos mais eficazes para proteger a saúde cutânea. Por isso, na hora da exposição aos raios solares, a dica é utilizar cosméticos específicos para o tipo de pele. No caso das oleosas, a dica é optar por produtos em gel, gel creme ou emulsões oil free (livre de óleo). Já para as secas, o ideal é investir em filtros cremosos que, além de protegerem, ainda hidratam a derme.

 

pele sarda2

 

Além disso, o protetor deve ser aplicado três vezes ao dia, pois diferentemente do que muita gente pensa, a luz branca também interfere (ainda que minimamente) na coloração dos melasmas. “Reaplicar o filtro mantém a cútis protegida e garante que as sardas continuem clarinhas e charmosas” avalia Lidiane Molina, esteticista da Clínica Lidy Estética, de São Paulo.

Aplicação de cremes

Para quem deseja uma ajudinha extra, o recomendado é usar cremes clareadores à base de ácido kójico - despigmentante natural que atua sobre a cútis inibindo a ação e a produção da melanina. O ativo pode ser encontrado em formas de creme, emulsão, gel creme e loção aquosa que podem ser associados a outras substâncias, como o ácido glicólico e a vitamina C, poderosos agentes a favor da pele saudável e luminosa.

“O ácido kójico pode ser aplicado durante o dia, não causa irritação e melhora o aspecto geral da derme, deixando-a uniforme e com brilho natural”, ressalva Francisco.

Peelings

Formulados com ácidos retinóicos e glicólicos, ativos capazes de amenizar as manchinhas, os peelings são indicados para suavizar as sardas mais escuras. Os tratamentos não descamam a cútis e prometem melhorar o aspecto da pele em até dez sessões.

“Recomendado para quase todos os tipos de cútis, os peelings são capazes de renovar as células, suavizando as sardas e mantendo a pele lisinha e uniforme”, finaliza Lidiane.

Fonte: beleza.terra.com.br

Ter sardas é puro charme para quem as vê, mas quem as tem não costuma se sentir muito satisfeitas com as manchinhas. Dar fim completamente às sardas é praticamente impossível. Entretanto, de acordo com os especialistas é possível amenizá-las com clareadores de uso domiciliar com hidroquinona e tretinoina indicado por dermatologistas ou então optar por tratamentos com laser e luz pulsados, além dos peelings químicos.

 Mas para que esses tratamentos químicos proporcionem efeito é importante abusar do uso diário de protetor solar durante e após o tratamento. Mesmo que o tratamento clareador proporcione resultados bastante satisfatórios qualquer descuido com o sol, por menor que seja, pode fazer com que as sardas voltem. Apesar do surgimento das sardas ser causado pela genética, à exposição ao sol é um agravante para o surgimento das sardas.

Atualmente, existem diversos métodos para remover as sardas do rosto, porém é importante esclarecer para as pessoas que as sardas são totalmente diferentes de outras manchas no rosto. As sardas, geralmente apresentam tonalidade castanha, algumas mais claras e outras mais escuras, a cor varia de pessoa para pessoa e costumam surgir quando essa área é exposta ao sol.

 

pele sarda3

 

As áreas mais comuns onde as sardas se desenvolvem são as mãos, rosto, pernas, mas também podem surgir em outros locais do corpo como ombro e peito.

Na maioria dos casos, as sardas surgem em pessoas que possuem a pele clara e provavelmente que são sensíveis ao sol. Essas pessoas se queimam com facilidade quando expostas aos raios solares, assim como as pessoas que tendem a ficar com a pele avermelhada também podem ter mais facilidade para o surgimento das sardas.

Lembrando que as sardas podem surgir tanto em mulheres, quanto homens e crianças.

Causas das Sardas

Na maioria dos pacientes, a causa mais comum é hereditária. O surgimento das sardas é genético, somente em alguns casos específicos elas podem surgir em pessoas com pele escura, mas neste caso estão associadas a algum tipo de problema de pele.

Atualmente, é possível encontras diversas maneiras tanto naturais como químicas para acabar com as sardas. Porém, os métodos naturais as vezes não possuem resultados tão satisfatórios quanto os métodos químicos, mas pelo menos fazem com que as sardas fiquem mais claras.

Como eliminar as Sardas?

Para falar a verdade, as sardas são mais fáceis de serem evitadas do que eliminá-las por completo. Portanto, a prevenção é fundamental, principalmente o uso de protetor solar sempre que estiver exposta ao sol, e principalmente evitar contato com o sol durante os horários inapropriados.

Entre os métodos químicos para livrar-se das sardas do rosto estão o uso do medicamento a base de hidroquinona. Esse medicamento pode ser encontrado em farmácias com soluções de 2% sem a necessidade da prescrição médica. Já as soluções mais concentradas, ai sim é necessário consultar-se com um médico dermatologista para ele receitar uma prescrição médica mais concentrada.

Outra solução é o tratamento a laser e o peeling químico, o tratamento é bastante usado para acabar de vez com as sardas e, na maioria dos casos apresentam resultados bastante satisfatórios. Esses tratamentos citados acima fazem realmente com que as sardas desapareçam, porém não impedem o surgimento de novas sardas. Se você deseja realmente eviar que novas sardas surjam é preciso evitar o sol ou então se proteger de maneira correta contra ela.

 

pele sarda

 

Os tratamentos que podem remover as manchas do rosto atuam eliminando a melanina nas áreas do rosto em que a pigmentação é maior, o produto não tem resultado imediato, apenas com o passar do tempo que as sardas vão perdendo sua coloração.

Os tratamentos a laser ainda prevalecem para remover as manchas no rosto e também às sardas. Talvez seja um dos métodos mais eficazes e seguros, pois o laser atua somente na sarda sem danificar as outras áreas. O tempo de recuperação também é bastante vantajoso, pois é muito curto e não possui nenhum tipo de dor.

Outros produtos também podem ser usados, principalmente os que contêm vitamina C e ácido alfa hidróxido, esses são recomendados para as pessoas com pele escura com sardas.

Métodos naturais para livrar-se das Sardas

Os métodos caseiros para acabar com as sardas também são eficazes, porém demoram mais tempo para aparecer os resultados, se você tiver paciência para esperar, os resultados podem ser bastante eficaz.

A manteiga é uma solução caseira usada para minimizar as manchas de sardas do rosto, pois atua esfoliando a pele e fazendo com que as manchas de sardas se tornem mais claras com o passar do tempo. A receita é aplicar a manteiga na pele e deixar agir no rosto por 15 minutos. Você pode repetir esse procedimento caseiro até três vezes por semana.

Para remover as sardas utilize uma máscara de figo, para preparar a máscara caseira amasse em um recipiente um figo, e com ajuda do algodão coloque no rosto deixando atuar durante 20 à 30 minutos. Esse procedimento pode ser repetido três vezes por semana. Lembrando que o figo pode ser substituído por mamão.

O suco de limão também pode ser um aliado nessa batalha contra as sardas, pois contém vitamina C, ou seja, eliminam as sardas ou pelo menos tornam as manchas mais claras. Misture uma colher (chá) de suco de limão com uma colher (chá) de água. Aplique o suco somente nas sardas, a vantagem desse método caseiro é que podem ser aplicados todos os dias, mas de preferência que seja feito antes de dormir, pois é essencial manter a pele longe do sol. O suco de limão aplicado na pele e exposto pode causar mais manchas ainda.

O melhor método para livrar-se das sardas ainda é procurar um bom dermatologista para que ele possa avaliar as suas manchas.

Dicas Para Esconder as Sardas

pele sarda4

As sardas naturais são uma graça, além de serem uma marca registrada para as mulheres que nasceram com essas manchinhas. Mas, essas sardas que para algumas mulheres podem ser um charme, para outras podem ser um verdadeiro sofrimento. Se você também acha que as sardas são um verdadeiro problema, confira dicas de como suavizar as sardas, manchas ou pintas escuras. Confira abaixo o passo a passo:

1. Primeiramente invista em uma base com um bom poder de cobertura, de preferência que a base seja em bastão ou em caneta. Depois é só misturar com um pouco de corretivo em um tom mais claro do que a tonalidade da sua pele.

2. Depois é só aplicar o corretivo e a base diretamente sobre e mancha e, em seguida aplicar um blush no tom de pêssego apenas nas bochechas do rosto.

3. Finalize a maquiagem pincelando um pouco de pó compacto ultrafino em todo o rosto. Só tome cuidado para não exagerar na quantidade do produto e, assim, trocar os sinais marrons por manchas esbranquiçadas ou cinzas.

Por último, mas não menos importante! Aceite-se como você é!

Fonte: nadafragil.com.br


0
0
0
s2smodern